Menu

Fidelidade: O Melhor Preservativo  

07 NOV 2017
07 de Novembro de 2017
              
               
Diante do farto material preservativo que tem sido distribuído e das campanhas de utilidade pública que tem sido grandemente divulgadas pela mídia, vem a pergunta: O que é mais eficaz:a profilaxia ou o retorno ao pudor e decência?

           O que se constata, é que, é mais fácil vestir uma roupa nova no problema do que tratá-lo. Se o inimigo é mais forte, junte se a ele: é a frase coloquial.
           É impressionante e chega a ser repugnante, o veicular maciço das propagandas induzindo ao uso das camisinhas. E as tais encontram-se à disposição até mesmo nos frigobares de hotéis, à vista de crianças, idosos e de quem mais não precisa fazer uso delas para se ter uma vida melhor.
           Os órgãos municipais, estaduais e federais que tem distribuídos lotes e mais lotes desses preservativos a população, deveriam rever tais procedimentos. Será que o incentivo ao uso das camisinhas que supostamente protegem os parceiros de um contágio com a AIDS por exemplo, não estimula mais ainda a promiscuidade, sodomia e a indifelidade no meio de nossa sociedade?
           Sem sombra de dúvida, a infidelidade conjugal, sodomia e o sexo fora do casamento é que são os maiores causadores da AIDS e das demais doenças sexualmente transmissíveis.
           Os órgãos governamentais deveriam sim, fazer mais propragandas, e a promover simpósios estimulando o retorno do pudor, decência e a fidelidade.
           De que adianta colocar uma proteção no órgão genital e deixar descoberto a mente e o coração, de onde realmente procedem mazelas que podem perverter a moral completa ou parcial do cidadão.
          
Àqueles que desejam não a profilaxia leviana, mas de fato a prevenção; ai vai a proteção verdadeiramente eficaz: " Filho meu, atenta para as minhas palavras; aos meus ensinamentos inclina os ouvidos. Não os deixes apartar-se dos teus olhos; guarda-os no mais íntimo do teu coração. Porque são vida para quem os acha e saúde, para o seu corpo. Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o coração, porque dele procedem as fontes da vida. Desvia de ti a falsidade da boca e afasta de ti a perversidade dos lábios. Os teus olhos olhem direito, e as tuas pálpebras, diretamente diante de ti. Pondera a vereda de teus pés, e todos os teus caminhos sejam retos. Não declines nem para a direita nem para a esquerda; retira o teu pé do mal". (Provérbios :4: 20 a 27).
Voltar


Tenha você também a sua rádio